20 de fevereiro de 2010

Naquele sonho

Naqueles sonhos, é você quem reina.
Naqueles sonhos, é você que eu amo.

Mas...
Naquele sonho, foi diferente.
Naquele sonho, não existiu você, só eu e mais ninguém.

Nele, eu andava sozinha, por uma rua deserta, só o barulho do vento batendo nas árvores, as folhas caindo.
Eu andava, andava e andava. Nada, somente nada exitia lá.
Meus olhos estavam molhados, minhas mãos tremiam, eu começava a soluçar.
Você aparece, no final da rua. Corro em tua direção, você some. Onde está você? Porque você se esconde de mim? Porque eu não consigo te enxergar?
Meu coração se aperta, mais e mais lágrimas deslizam ao meu rosto. Sem você eu não sou ninguém. Sem você eu não vivo.

Você se foi,
e não vai mas voltar.
Entrou na minha vida,
me fez chorar.
Marcou a minha história,
e agora me resta sonhar. (L)

6 comentários:

  1. Duda pra quem foi esse poema e em quem vc se inspirou?

    ResponderExcluir
  2. Eu me inspiro no que acontece na minha vida, mas gosto muito de inventar histórias, e esse post foi de repente que me veio na cabeça, aí eu fui "aprimorando".

    Queem é vooc ?

    ResponderExcluir
  3. Quem sou eu! rsrs você nao gostaria de saber! eu acho.

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse post duda! Como todos os outros você capricha muito nisso... Já pensou em ser escritora? Bom é isso pediu pra eu comentar estou aki comentando. Manda mas textos pra que eu comente.

    ResponderExcluir
  5. Teu blog ta muito legal Dudaaaa!

    ResponderExcluir

Compartilhe seu sonho, vamos comente muitas e muitas vezes.